Finalmente!

Finalmente! O primeiro post depois que mudei de hospedagem e plataforma de blog. A mudança foi radical, o antigo blog era em Wordpress, ou seja, o famoso combo: Apache, MySql e PHP. Hoje, a hospedagem do blog está na Digital Ocean e usando a plataforma Ghost.

Já queria mudar há um tempo, porém a principal razão são alguns projetos pessoais que estou começando a fazer. Esses projetos utilizarão NodeJS, bancos de dados NoSQL e outras tecnologias, as quais o antigo servidor não dava suporte.

A ideia é publicar um post por semana, eu acredito que o melhor dia seja as quartas-feiras. E o que escrever? O tema principal é desenvolvimento, mas qualquer tema é bem-vindo.

Aproveitando que parei para escrever e iniciei o blog, eu queria compartilhar a experiência que estou tendo como Líder do time de Software (em inglês fica bacana: Software Developer Leader) do IATECAM. E aí vem a pergunta: o que é o IATECAM?

O Instituto Ambiental e Tecnológico da Amazônia (IATECAM) é um Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento sem fins lucrativos, +/- 8 anos desde sua criação. Não sei se você sabe, mas as indústrias aqui no Pólo Industrial de Manaus (PIM) são obrigadas a investir uma percentagem em pesquisa e desenvolvimento, mais informações. Entretanto, muitas não possuem seu próprio instituto. Então, o IATECAM torna-se parceiro para projetos de P&D.

O IATECAM possui duas grandes áreas: Automação Industrial e Software. A área de Automação Industrial existe há 4 anos e é um grande diferencial dos institutos presentes em Manaus. Já a área de Software é dividida em 4 subáreas: 1) Sistemas Embarcados, 2) Driver, 3) Web e 4) Mobile.

E por essa divisão em 4 subáreas, o desafio está sendo enorme. Na verdade, eu entrei no IATECAM como consultor para um projeto em parceria com a Seagate. O projeto era bem desafiador: fazer um aplicativo para o usuário final trabalhar com os HD's Seagate. O aplicativo foi feito em QT e o resultado final você pode ver aqui. Após o projeto, eu fui convidado a fazer parte de vez do quadro e aceitei.

Depois de dois meses ocorreu uma mudança de organograma e o líder de Software da época foi convidado para assumir outra área do IATECAM. Para minha surpresa, convidaram-me para ser o novo líder. Seria a primeira vez que lideraria um grupo de 27 desenvolvedores. Além disso, em áreas que nunca atuei como desenvolvedor (Sistemas Embarcados e Driver). Só para aumentar o desafio, a empresa estava iniciando a formalização do seu processo de desenvolvimento de Software e oficializando o SCRUM como sua metodologia de gerenciamento e desenvolvimento de projetos de Software.

Isso tudo está sendo um grande aprendizado, mas que ficará detalhado em outro post. Eu esqueci de avisar que os assuntos dos posts serão aleatórios, ou seja, posso está falando hoje tecnologia X e no próximo POST que deveria ser uma continuação poderá ser um novo tema.

Abs